Conheça a Região / Notícias Imobiliárias

Cinco Razões Que Mostram Porque Para Valer Pena Investir Em Imóveis




Imagem

Segurança

Desde que se mantenha a qualidade estrutural e o vigor da região, um imóvel não perde seu valor. Segundo especialistas, em média um proprietário de escritório, loja ou galpão recolhe renda de 0,8% ao mês em cada unidade locada, chegando a 9,6% ao ano.

Esse valor é superior aos Fundos de Renda Fixa Referenciados, como o Certificado de Depósito Bancário (CDB), por exemplo, que pode chegar a 9% ao ano. Lembrando que além do rendimento, um imóvel adquirido durante a “baixa”, quase sempre sofre valorização.

Os imóveis residenciais, embora sejam os mais líquidos e os mais fáceis de alugar, geram rentabilidade menor que os comerciais. em torno de 0,4% ao mês. Seria o imóvel mais indicado para investimento por uma pessoa que tem menos possibilidades de arcar com os seus custos, enquanto estiver vazio.

Expectativa De Valorização

O mercado imobiliário tem um histórico positivo, já que imóveis se valorizam anualmente, além de sempre acompanharem a inflação, sem contar a grande valorização que se espera quando adquiridos em períodos de crise. Some-se isso ao fato de que o país atravessa um excelente momento para aquisição no setor, com a taxa de juros Selic mais baixa da história, a 3% ao ano. Ou seja, ter dinheiro aplicado no banco, em aplicações de risco baixo, tornou-se menos rentável do que nunca. Enquanto isso, até 2025 haverá demanda de 14,5 milhões de novas moradias, de acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas.

Durabilidade

Uma propriedade é um bem duradouro, seja casa, apartamento, flat ou imóvel comercial. Se a opção for por alugar um imóvel recentemente adquirido, estima-se que o completo retorno do investimento, com o recebimento dos aluguéis, não demora mais que 10 anos. Só que, além de receber os alugueis, você é dono de um imóvel, que, se comprado em uma época como a atual, é, segundo especialistas, praticamente uma garantia de valorização. Ou seja, tudo o que receber mensalmente após esse período é lucro e segue por anos sendo necessário apenas reparos para manter o patrimônio.

Redução De Riscos

Enquanto outras formas de aplicação incluem alta volatilidade, o mercado imobiliário segue estável e o maior risco é mesmo o de vacância. Um grande exemplo é o que aconteceu durante a pandemia do Coronavírus: enquanto a bolsa chegou a cair 39,28% em dois meses e o preço do petróleo ficou negativo, o valor dos imóveis praticamente não se alterou e um certo perfil passa a ser mais procurado.

Déficit Habitacional Alto


De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil sofre com a falta de 7,7 milhões de residências. Dessa forma, com o aumento populacional cresce também a procura por unidades para locação, ou seja, o mercado segue em constante expansão.

Um detalhe interessante é que ao contrário do passado, nos últimos anos tem caído a necessidade de vagas de garagem, e a diferença de preço entre os imóveis com garagem e os sem garagem, tem caído, principalmente nas salas comerciais e apartamentos de um e dois quartos.

Fonte: Mercado Imobiliário

Publicado em 22/04/2021


Voltar
Entrar em contato via WhatsApp!